segunda-feira, 28 de março de 2011


Não parou de doer, é que eu aprendi a suportar.

2 comentários:

Gabriela Lauriano disse...

É, muitas vezes a dor não para de nos torturar. E nós temos que aprender a conviver com ela, ou decidir se libertar.
Um bj.
http://truthsofaheart.blogspot.com/

Maria Emília disse...

adorei seu blog! muito!