domingo, 4 de setembro de 2011


Eu preciso ir.
Por quê?
Pra não ficar pra sempre.
Fica pra sempre.
Por quê?
Porque aqui tem amor, dinheiro e tarja preta, você pode só descansar existindo, eu faço o resto todo. Tarja preta vicia. Dinheiro também.
 Você tá tirando onda de rica?
Não, eu tô tirando onda de homem.
Você é uma menininha.
Perto de você eu consigo ser e você não sabe o prazer que isso me dá.
Se sentir menina?
Estar com um homem, eu só andei com moleques nos últimos anos.

TATI BERNARDI

4 comentários:

Laís Pâmela disse...

AMEI DEMAIS.

Anônimo disse...

Ainda bem que você voltou com o Blog! Fez falta nos meus dias ler um trechinho desses. Adoro esse espaço, estou sempre aqui.

Flor de Liz disse...

adorei...

Joselito de Souza Bertoglio disse...

Adorei o teu blog, ta cheio de coisas lindas para se ler, voltarei mais vezes já estou seguindo, me arrisco escrevendo alguns versos tortos se desejar visita lá http://joselito-expressoesdaalma.blogspot.com,
se gostar segue lá, ficaria contente em te ter por lá!!! Um forte abraço e parabéns pelo teu belo espaço!!!