domingo, 25 de abril de 2010



Agora é mais ou menos 03:15 da manhã e eu não consigo dormir pensando em mim e nos meus problemas. Mentira. Não consigo é parar de pensar em você. Daí resolvi colocar meu filme favorito, PS eu te amo. Mas você é tão insuportável que nem a beleza do Gerard Bluter te tirou da minha cabeça.
Eu odeio isso! Odeio pensar tanto em você. Isso tinha passado, mas ultimamente você voltou até pros meus sonhos, seu pilantra.
morrendo de vontade de te ligar. Queria ouvir só o seu "alô" rouco e cheio de sono. Mas e se você não estiver sozinho? Se não for você quem atender ao telefone? Iria doer tanto...
Porque eu sou assim, sabe? Consigo me enganar que você não beijou outras bocas depois da minha, não levou outras garotas pro seu apartamento, não deixou outra fdp qualquer deitar na sua cama...
"Vou amar você até  fim" É oque Gerry canta pra Holly no filme...
Lembra quando vimos esse filme pela primeira vez? Eu chorei e vc resmungou que era filme de mulherzinha, mas mesmo assim, foi buscar o lenço pra enxugar minhas lágrimas e ficou lá até os créditos finais do filme.
Me lembro também que vc foi  o único cara que me imaginei casando. Puta que o pariu! Olha aonde eu cheguei. Tudo culpa sua , seu infeliz.
Só quero saber, até quando isso vai durar, porque não me agrada em nada essa saudade, esse vazio absurdo que ngm preenche.
Tenha dó de mim. É, exatamente! Eu que odeio o sentimento de pena estou pedindo: TENHA DÓ DE MIM! Me liberte, faça as malas e saia da minha cabeça, saia dos meus olhos; porque tudo que eu vejo tem um pouco de você.
Minhas amigas nem sonham sobre isso, Porque to cansada de observar a cara delas que expressa todo o absurdo que é essa minha saudade de você.
Não, você não é a minha vida, mas depois que você se foi deixei de cuidar de mim. Bebo demais, vomito demais, como de menos, fico com o primeiro cara de costa larga que me abre um sorriso...
Ninguém me ajudou como você. 
Eu poderia te ligar ás 4:00 da manha só pra chorar um pouco e dizer o quanto me odiava. E no fim, você ainda conseguia me fazer rir.
Eu podia te fazer substituir chocolate por barrinha de cereal, só pra ter companhia em mais uma dieta louca.
Eu podia usar o seu chuveiro, vestir a camisa daquele seu time estrangeiro que eu nunca sei o nome e dormir na sua cama, totalmente protegida de qualquer coisa.
Eu podia beber tequila com as meninas, sabendo que você falaria no meu ouvido a hora de parar. Porque eu sou assim, você sabe. Só funciono se alguém me dirigir. Decadente eu sei, você já me disse isso milhares de vezes, posso ate imaginar sua cara me falando isso.
O fato é que eu podia tudo com você.
Até bonita eu me sentia. Você tinha o poder de me transmitir 10 kg a menos e eu adorava isso.
Ninguém é capaz de fazer por mim oque você fez.
Entenda, é por isso que dói tanto a sua ausência. É por isso que o vazio deixado por você, ngm preenche.
Agora to aqui. Me sentindo errada, culpada, sem nada, sem ter pra onde ir, sem ter quem abraçar...
Porque nessas horas, todos os amigos somem não é?! Até aqueles que vc considera ser os melhores. Sentem o cheiro de amargura de longe e se afastam antes de serem os escolhidos a ouvintes da noite.
Mesmo assim, telefonei a uma amiga hoje e falei um pouco de você. Meio que saiu sem querer, te juro! Então ela me disse que já era hora de recomeçar. Oque ela não imagina, é que eu já recomecei inúmeras vezes. Todos os dias recomeço,mas todos os dias termino. Isso é tão cansativo, amor.
Segunda feira vou recomeçar , de novo.
Pegar firme na faculdade, no regime extremamente rigoroso, parar de fugir dos convites pras festas, voltar a ser simpática com as pessoas, e o mais importante: estou proibida de pensar em você.
Hoje é a ultima noite que passo acordada por sua causa. Essa é a ultima maldita lágrima que choro por você. Recomeçando...
Me deseja sorte, amor. Se tudo der certo, a essa hora no sábado que vem vou estar dançando feito uma louca e nem me lembrar do teu nome.
Será que isso te afeta? Eu ficaria tão feliz se você respondesse que sim. Poderia ligar pra perguntar... Mas a quem eu quero enganar? Se você se importasse, era VOCÊ quem ligaria.
Eu ainda preciso de você, amor.
Olha só como estou, falando coisas melosas e reconhecendo toda a falta que você me faz.
É que to sentindo dor, amor. Aquela dor que preciso abraçar alguém pra passar. E eu não tenho ninguém. Ninguém. Sem amigas, colegas, rostos de uma só noite, sem você.
Preciso parar de escrever, porque já são 04:10 da madrugada e meu braço já esta cansado.
O meu coração também está. Vou fechar os olhos e dormir um pouco.
Tomara que eu sonhe com você me abraçando, dessa forma, vou acordar mais tranquila amanha. Vá amenizar a dor,mas aumentar a saudade.
Não importa oque eu faça ou oque eu escreva. As coisas não vão mudar. Meu telefone não vai tocar, você não vai entrar pela minha porta.
Não vou ter mais o teu abraço.
Certas realidades, a gente precisa encarar; por mais dolorida que ela seja, amor?!

"Vou amar você até o fim..."

6 comentários:

You know I love you so disse...

Muito bom o texto, adorei!!! Amar dói, mas depois passa, pode acreditar, existem milhares de pessoas no mundo guardar o amor pra uma só seria egoísmo =]
parabéns pelo blog...
te seguindo :*

'Perfect - disse...

AMEEEEEEEI *-*
minha diva, s2 hahaha'
adoooorei msm *---*'
ps: fotos incriveis, ! :**

lethicia n. disse...

eeu A-M-E-E-E-E-E-I *-* seeu blog é perfeeito!
seguiindo sem dúviidaas! parabéens *-*

Gabriel disse...

bom blog

Gabriel disse...

bom blog

Tati disse...

Que foda! Amei seu texto e entendo bem o seu sofrimento. Eu me identifique com essa parte. A uns meses atrás eu estava exatamente assim. A verdade é que ninguém se importa com os nossos sentimentos e temos que conviver com isso, por mais que doa. Parabéns moça! :)
"É que to sentindo dor, amor. Aquela dor que preciso abraçar alguém pra passar. E eu não tenho ninguém. Ninguém. Sem amigas, colegas, rostos de uma só noite, sem você."

PS: Eu também faço Engenharia, mas pra falar a verdade prefiro escrever! Amo Tati Bernardi também. Me add no msn: tatiane31@hotmail.com
Beijo, beijo.